5 respostas ao Golpe de Calor nos Gatos

No verão sobem as temperaturas e com elas aumentam os problemas associados ao excesso de calor. Um dos mais comuns nos gatos é o golpe de calor que se pode tornar muito grave e mortal.

1. O que é um golpe de calor?

Um golpe de calor é uma subida abrupta da temperatura corporal normalmente devido ao excesso de calor no meio ambiente.

Pode ocorrer em qualquer gato, mas acontece mais frequentemente nos gatos de dimensões mais pequenas, com idades mais avançadas ou em raças braquicefálicas como os Persas. Mas também, nos gatos com pelagem negra ou mais escura, que absorvem mais calor. Assim como nos gatos com excesso de peso ou problemas cardíacos ou renais que estão mais sujeitos a estes problemas.

A temperatura normal de um gato adulto varia entre os 38.º C e os 39,2.º C.

Durante um golpe de calor a temperatura corporal pode exceder os 42.º C e levar a danos graves na saúde do animal.

2. Por que é comum um golpe de calor nos gatos e cães?

Ao contrário dos humanos, os cães e os gatos não têm glândulas sudoríparas distribuídas por todo o corpo e que os ajuda a refrescar o corpo num ambiente muito quente. Só têm algumas glândulas sudoríparas nas almofadas das patas.

Por isso, é que os cães e os gatos lambem o pelo para se refrescar, embora esse método não tenha a eficácia necessária em épocas muito quentes.

A respiração ofegante é um dos principais sintomas

3. Quais os possíveis sintomas?

  • Respiração ofegante ou com a boca aberta
  • Hipersalivação
  • Desconforto e falta de movimento
  • Mucosa avermelhada, muito escura ou azulada, quando normalmente são rosadas
  • Temperatura retal muito alta (acima dos 40.º C)
  • Oscilações e perda de consciência
  • Vómitos e diarreia

4. Como evitar um golpe de calor nos gatos?

Prevenir é o melhor remédio e por isso deve adotar medidas de precaução:

  • Não o deixe numa transportadora dentro do carro se por acaso se deslocar ao exterior.
  • Evite zonas sem sombra ou acesso a água.
  • Evite a exposição do gato em pisos que acumulam muito o calor.
  • Certifique-se que tem acesso a água fresca e que bebe abundantemente durante o dia. Se necessário distribua novos bebedouros pela sua habitação.
  • O pelo comprido também protege o gato do calor. Não o corte nesta na época quente.

5. Como agir durante um golpe de calor num gato?

Visitar imediatamente um médico veterinário, uma vez que estamos perante um cenário sério e que pode ocorrer facilmente num ambiente com temperatura altas.

Adaptado e traduzido de Affinity Petcare.

Fotografia por Eran Menashri e Cédric VT.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *